Quando devo Trocar o Tênis de Corrida? (+Video de Dicas)

Existem duas formas de identificar quando é que devemos substituir nossos tênis de corrida:

Uma é  somar quilômetros rodados, pois, por diversos experimentos realizados pelos principais  fabricantes, as extremidades começam a deformar-se os 500 kms.

De nossa parte a recomendação é de que não deixe ultrapassar os 700 kms.

Mas nem sempre é possível contabilizar a distância que percorremos com cada tênis, felizmente há outros indicadores que podem nos levar a tomar a decisão de uma mudança do calçado de corrida:

• Sola gasta:

se, ao observar a sola do tênis observamos um evidente desgaste estamos diante de um indicador de necessidade de mudança, já que o calçado não nos suportará como antes, além de outras deformidades que podem prejudicar no ato de correr.

• Você pode dobrar o tênis:

salvo algumas exceções, como as sapatilhas extremamente flexíveis, se você pode dobrar perfeitamente o calçado quase unindo-se a ponta com o calcanhar do mesmo, indica que a entressola está gasta e precisa de renovação.

• Pouca absorção de impacto:

se você perceber que, no correr que as passadas produzem um ruído como se bate contra a superfície, significa que o amortecimento  do tênis está desgastado e, portanto, não é aconselhável continuar correndo com eles.

• Contraforte voltado para um lado:

o limite é a parte traseira do solado, que dá sustento ao calcanhar e contém o pé, evitando até mesmo a pronação, por exemplo.

Se esta área está inclinada para um lado e não perpendicular ao chão, é porque o uso afetou a sua forma e precisa de mudança.

Quando você trocar o tênis velho por um novo modelo poderá notar uma grande diferença no tipo de pisada, no conforto, peso e até algum desconforto dependendo de como você corre.

Quando chega o momento de trocar de tênis precisamos de um período de adaptação

Quando estamos acostumados a correr com um tênis, o moldamos a nosso estilo de corrida.

Passar a correr com novos tênis (principalmente se for uma modelo estrutural diferente) muda muito as sensações, até mesmo a forma em que os nossos músculos ou articulações trabalham, por isso, se você mudar de tênis vá com calma e dedique um período de adaptação.

O ideal é usar de forma simultânea por um tempo os dois pares de tênis, cada dia correr com um deles. 

  • Por exemplo, com os velhos você pode fazer as rodagem mais longas e com os novos começar por treinos regenerativos e mais leves de sua planilha.

Assim  você diminui vai aos poucos moldando o novo tênis a forma do seu pé, evitando possíveis dores ou pequenas lesões.

Você também  pode utilizar os novos tênis de corrida para caminhadas curtas, já que o impacto não será tão forte, mas vamos amoldando a nossa forma de pisar e adaptando-nos ao novo calçado.

Se  você está acostumado a correr mais de 30-40 km semanais e mudamos de  tênis repentinamente, é normal que apareçam alguns desconfortos.

Por isso, recomenda-se de um período de adaptação ao passar totalmente para os novos tênis.

O artigo Quando devo Trocar o Tênis de Corrida? (+Video de Dicas) surgiu anteriormente no Sola Boa.

Anúncios